BLOG

MARACANAÚ GANHA COORDENADORIA DE BEM ESTAR ANIMAL

MARACANAÚ GANHA COORDENADORIA DE BEM ESTAR ANIMAL

A Política de Bem-Estar Animal é uma importante bandeira do mandato do vereador Raphael Pessoa (MDB) e entre as diversas proposições apresentadas pelo parlamentar, encontra-se a criação, pela prefeitura, de uma Coordenadoria de Bem-Estar Animal para elaborar e promover ações e políticas de proteção animal em Maracanaú.

A luta de Raphael pela criação da Coordenadoria começou já no início de seu mandato, em 2017, com um requerimento legislativo em que o parlamentar solicitava à prefeitura a criação do órgão. Mas foi através da Lei Nº 2.881, de 11 de dezembro de 2019, que a coordenadoria foi efetivamente criada. E nesta segunda-feira (3), o prefeito Firmo Camurça assinou o ato que deu posse a primeira coordenadora de Bem Estar Animal de Maracanaú, a protetora e líder do Movimento Proteção Animal-Maracanaú, Daniele Cavalcante.

O evento contou com as presenças do vereador Raphael Pessoa, autor do Projeto de Indicação que criou a coordenadoria, da primeira-dama, Larissa Torres, dos secretários Wellington Rodrigues (Meio Ambiente), Torcápio Vieira (Saúde) e Felipe Mota (Infraestrutura), do Diretor Geral da Guarda Municipal, Roberto Carvalho, além de diversos representantes do movimento de Bem Estar Animal.

Na ocasião, o prefeito Firmo anunciou a implantação de duas importantes políticas de bem estar animal propostas por Raphael, a instalação do primeiro Espaço Pet, localizado na Praça do Acaracuzinho, que será inaugurada ainda no mês de Fevereiro e efetivação da Política Municipal de Controle Populacional de Cães e Gatos, com a chegada primeiro Pet Móvel do município, que irá oferecer serviços essenciais como exames, cirurgias e castração.

COORDENADORIA

A Coordenadoria de Bem Estar Animal foi criada dentro da estrutura da Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano de Maracanaú e entre as suas atribuições está a promoção de programas de adoção; de castração; educação e conscientização sobre o bem estar animal, contra maus-tratos em favor da posse responsável; além de coordenar as políticas públicas de resgate de animais em situações de risco ou sofrimento.